Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Blog do Apucarana - Elnio S. Pohlmann
 Blog do Daniel Mattos
 Blog do Diniz Neto
 Blog do Eliel Diniz
 Blog do Evandro Júnior
 Blog do Hilário Gomes
 Blog do Índio Maringá - Cristiano Araíjo
 Blog do Jorge Júnior
 Blog do Lauro Barbosa
 Rigon Opinião & Notícias
 Blog do Ronaldo Nezo
 Blog do Salsicha
 Blog do Vandré Fernando
 IMPRESSÃO DIGITADA - Elio Maciel
 Promovol Eventos - Dorival Volpato
 RODAS DE HISTÓRIAS - Céci Maciel




Blog do Erácleo
 


     Blog  do       

blogueiro: Erácleo ALberto Hundzinski (44) 9919 1193 Maringá Pr  email: ea.hundzinski@bol.com.br

dolar: 1,797 euro: 2,440 pesoargentino: 0,464  iene: 0,019(Ter, 09 03 10 - 11h55)   

 Mega-Sena           Quina

concurso 1159 (Sáb 06 03 2010)                                              concurso 2239 (Seg 08 03 2010)          

05 06 34 46 53 55             01 03 31 37 42



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 12h05
[] [envie esta mensagem
] []





     Blog  do       

blogueiro: Erácleo ALberto Hundzinski (44) 9919 1193 Maringá Pr  email: ea.hundzinski@bol.com.br

dolar: 1,863 euro: 2,557 pesoargentino: 0,482  iene: 0,020(Qua, 17 02 10 - 11h06)   

 Mega-Sena           Quina

concurso 1153 (Sáb 13 02 2010)                                              concurso 2222 (Sáb 13 02 2010)          

06 17 19 34 46 55             06 09 19 46 67 



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 19h49
[] [envie esta mensagem
] []





T H E     B E A T L E S

L o v e    M e    D o

Com legenda em espanhol

Colaboração enviada por Marta Helena Cancino - Elche - Valência - Espanha

 



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 19h47
[] [envie esta mensagem
] []





THE BEATLES - 1969

O quarteto de Liverpool surpreendeu o mundo ao fazer uma apresentação sobre o prédio da gravadora da banda. Foi noticiário no mundo todo, inclusive na China, de regime comunista e totalmente fechada ao mundo ocidental.



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 19h07
[] [envie esta mensagem
] []





Arnaud Rodrigues morre em naufrágio no Tocantins

Artista de múltiplos talentos, Rodrigues teve atuações marcantes como cantor, compositor, ator e comediante

Julia Baptista e Edmundo Leite

"Vô Bate Pá Tu"

 Cantor, compositor, ator, redator e comediante, Arnaud Rodrigues ficou conhecido nacionalmente por esse último ofício. Seus  últimos trabalhos na televisão foram  na "Praça é Nossa", do SBT, onde fazia o papel do Coronel Totonho, entre outros personagens.

 Nos anos 70 fez muito sucesso por sua atuação ao lado de Chico Anysio no quadro "Baiano e os Novos Caetanos" do programa "Chico City". Além de escrever textos para o programa e para os shows do parceiro, compunha músicas para os personagens que satirizavam  e homenageavam Caetano, os Novos Baianos e outros artistas da época. 

O sucesso de alguma de suas canções  nessa época extrapolou  o personagem e a comédia,  chegando a conquistar as paradas de rádios e programas de TV, além de render um ótimo registro em disco,  que, puxado pela divertida "Vô Bate Pá Tu", teve ótimas vendagens. Um clássico dos anos 70. 

Se a música mais famosa  podia ser vista como tiração de onda com o clima pesado  para os artistas na ditadura, ainda que camuflada em peça de comédia,  havia outras de um lirismo e beleza surpreendentes para quem esperava apenas um disco de comediante.  A parceria com Chico ainda rendeu outros discos e Arnaud Rodrigues também gravaria outros individualmente. 

Nos anos 80, participou como ator de  novelas da Rede Globo, entre elas o megasucesso "Roque Santeiro" (1985), na qual fazia o papel do "ceguinho" Jeremias,  que ficava acompanhado de um garoto nas escadarias da igreja  e  enxergava mais que os demais personagens da trama de Dias Gomes. Outro papel marcante na teledramaturgia foi como o Soró da novela vespertina "Pão Pão Beijo Beijo", em 1983. 

Cartola 

Nos últimos anos, passou a conciliar a vida artística  com a de cartola de futebol  em Tocantins, para onde se mudou em 1999.  “Eu vim fazer dois shows aqui em Palmas e como sempre gostei de morar no mato, onde passei minha infância, acabei me identificando muito com o clima daqui.  Mas o que mais me chamou a atenção é que pude acompanhar como se constrói uma cidade.  Quando dividiram Goiás para a criação do estado do Tocantins, em 1988, eu não acreditava que num país como o Brasil houvesse condições de isso dar certo.  Como eu morava no Rio e toda semana tinha de viajar a São Paulo, resolvi apenas trocar o trecho.  Agora, é Palmas-Brasília”, disse ao repórter Alfredo Luiz Filho, do Jornal da Tarde, em 2004. 

“É uma paz.  Você acorda e vê tucano, arara...  Parece coisa de cinema.  Palmas é  uma grande capital, mas com costumes de cidadezinha do interior”, contava na reportagem sobre sua nova atividade.  Só se mudou para Palmas, frisava,  depois de convencer a família toda a ir junto.  Com a mudança,   os filhos passaram a administrar uma videolocadora e uma imobiliária na cidade. 

A carreira de cartola Surgiu por acaso, contou na época:  “Sempre fui ‘peladeiro’.  Joguei futebol de salão pelo Vila Isabel (do Rio de Janeiro)....  Aí me convidaram e eu assumi como o 3º vice-presidente.  No final do ano passado, o presidente (José Pinto) pediu afastamento para resolver problemas particulares, mas nenhum dos dois vice-presidentes foi  capaz de liderar o Palmas.  Aí assumi.” Em pouco mais de oito meses,  Arnaud comemorava a conquista do tricampeonato  estadual e o oitavo lugar na Copa do Brasil.

Mensagem crítica

Apesar do sucesso nos gramados, descartava deixar a  carreira artística pelo futebol. “Eu sempre trabalhei para o público que gosta de arte.  Só que agora, esse público é o da arte do futebol.  Se eles quiserem, continuo à frente do  Palmas por mais um ano.  Mas se aparecerem pessoas capacitadas para dar prosseguimento ao trabalho que estou fazendo, saio sem problema nenhum.  Jamais vou parar de trabalhar como artista por causa do futebol."
Naquele 2004 deixou o programa humorístico do amigo Carlos Alberto de Nóbrega no SBT   para se dedicar apenas aos shows e ao futebol. E explicou a decisão: “O humor que eu faço é diferente dos outros.  Sempre tem uma mensagem crítica  atrás da personagem e do texto que interpreto.  Só que chegou um momento em que não tinha mais nada a ver com o programa.  E como a vida de artista é sempre muito confusa, preferi sair”, explicou. “Tenho alguns projetos para retornar.” Sobre os múltiplos talentos, deu pista sobre o qual mais se sentia mais à vontade. "É complicado falar qual ofício eu mais gosto.  São tão distintos.  Como músico, você trabalha com um monte de gente.  Como ator, sempre faz  personagens diferentes.  Desses todos, acho que prefiro escrever, criar.”

 ARNAUD RODRIGUES & CHICO ANYSIO - VALE A PENA RELEMBRAR

(Com trechos extraídos da reportagem "Arnaud Rodrigues  De ator a cartola no Tocantins", de Alfredo Luiz Fillho, publicada no Jornal da Tarde em 09/8/2004)



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 10h58
[] [envie esta mensagem
] []





dolar: 1,833 -euro: 2,537 -pesoargentino: 0,483 - iene: 0,020-(Sex, 12 02 10 - 17h56) - MEGASENA:1152 (qua 10 02 2010)=14 20 29 36 44 47 - QUINA:2220 (qui 11 02 2010)=12 31 42 46 57



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 18h06
[] [envie esta mensagem
] []





dolar: 1,874 -euro: 2,559 -pesoargentino: 0,487 - iene: 0,020(seg, 08 02 10 - 21h12) - MEGASENA:1151 (sáb 06 02 2010)=01 04 14 21 25 51 - QUINA:2217 (seg 08 02 2010)=09 18 27 51 56 

A CANÇÃO EM DUAS NOTAS

 

Maringá, Cidade Canção, não precisava ter seu meio ambiente em apenas duas notas SOL e FÁ. Haja SÓLFA de montão perdidos (?) nesta verde cidade.

Noticias de sofá é no Site Rigon Opinião & Notícias, que combate, combate e a população não para de  despejar o velho Rei da Sala em qualquer lugar que possa. (www.eracleo.zip.net)

 
 

 

 

 

DIVULGAÇÃO PARA A IMPRENSA Nº 004/10

A Copa Feabam Interbairros de Futebol Suiço, promovida pelo diretor do Departamento de Esportes da Feabam, Toninho Sanenge, chegou ao seu final do último sábado 06/02/10, com os dois jogos que apontaram a classificação final das equipes. Os jogos foram realizados no campo da Toca do Índio e apresentaram a seguinte ficha técnica:

Local: Campo Toca do Índio – RESULTADOS

Decisão de 3º e 4 lugares

Índio Produtos Óticos/Parque Hortência 3 x 0 Beira Rio/Madeireira São João/Pecinha Rodas

Jogo final – Decisão do Título

Iguatemi FC / Passarella 3 x 2 Trans Mutuana/Trans Julinho/SMA Química/Parque Itaipu

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Campeão:            IGUATEMI FC/PASSARELLA

Vice-campeão:     TRANS MUTUANA/TRANS JULINHO/SMA QUÍMICA/PARQUE ITAIPU

3º lugar:              ÍNDIO PRODUTOS ÓTICOS/PARQUE HORTÊNCIA

4º lugar:               BEIRA RIO/MADEIREIRA SÃO JOÃO/PECINHA RODAS

Os jogos foram realizados no sábado e a entrega da premiação aconteceu no domingo, nas dependências da Toca do Índio, com a presença de atletas, dirigentes, autoridades públicas e torcedores. Foram convidadas as 24 equipes participantes. Entre as autoridades, Dirceu Oscar de Mattos - representado o prefeito Silvio Barros II, o vereador Evandro Júnior, Vanderley Bravin - que representou o vereador Belino Bravin, o comandante da Guarda Municipal, Paulo Mantovani, Julio Cesar - representando a Liga Desportiva de Maringá, Anna Maciel Hundzinski – representando o Jornal Metrópole Imprensa do Paraná e demais órgãos da imprensa como Lourival Santos – Show do Esporte, Oliveira Júnior e equipe, Deny Barbosa – Maringá Mais e Eduardo Santos – Maringá Urgente, convidados para a solenidade.

ANTONIO PIRES DE MORAIS

Diretor de Esportes

 

Erácleo Alberto Hundzinski

Coordenação Técnica

 



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 21h19
[] [envie esta mensagem
] []





dolar: 1,883 - euro: 2,583 - iene: 0,021- (sex, 05 02 10 - 09h50) - MEGASENA:1150 (qua 03 01 2010)=15 17 28 31 35 52 - QUINA: 2214 (qui 04 02 2010)=10 14 15 63 73

 



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 10h30
[] [envie esta mensagem
] []





dolar: 1,863 - euro: 2,581 - iene: 0,020- (qua, 27 01 10 - 09h10) - MEGASENA:1147 (sab 23 01 2010)=06 23 31 33 39 52 - QUINA:2206 (qua 27 01 2010)=01 03 28 48 69  



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 00h19
[] [envie esta mensagem
] []





O BIG BOS TÁ DESSE JEITO

Colaboração enviada por Celuy Roberta Hundzinski -  Chatou - Paris - França

É com muito gosto que repasso para vocês, queridos e Inteligentes amigos!



Autor: Antonio Barreto,

Cordelista natural de Santa Bárbara-BA,
residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.



Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.


Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIM

Salvador, 16 de janeiro de 2010.



Escrito por Erácleo ALberto Hundzinski às 00h18
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]